13 benefícios de comer gengibre durante a gravidez

Os benefícios de saúde de comer gengibre durante a gravidez incluem prevenção de enjôo matinal, fornecimento adequado de sangue, regulando os níveis de colesterol, prevenindo o resfriado e a tosse, controlando o nível de açúcar no sangue, prevenindo a queimação do coração e aliviando o inchaço. Outros benefícios incluem tratar a inflamação, rejuvenescer os músculos cansados, apoiar o sistema imunológico, aliviar a dor do corpo, fornecer nutrientes ao feto e ajudar na digestão.

As mães grávidas precisam consumir dieta carregada com muitos nutrientes em relação ao feto saudável e seu bem-estar geral durante toda a gravidez. Os alimentos nutritivos também ajudam a aliviar os riscos de doenças congênitas em um feto. Segundo os nutricionistas, o gengibre é um dos alimentos saudáveis ​​recomendados às gestantes devido às vitaminas e minerais encontrados que têm potencial para combater complicações durante a doença. Você pode borrifá-lo em seus alimentos, incorporar sua pasta em várias receitas e também fazer chá de gengibre.

Além disso, é um superalimento que é usado em muitas culturas sobre fins culinários e terapêuticos por anos. Gengibre contém sabor picante que é dito para aliviar o desejo de vômito e náusea constantes ; ambos os problemas de saúde são comuns para mulheres grávidas. Embora seja uma potência de muitas propriedades saudáveis, é aconselhável consultar o seu médico de cuidados primários a este respeito.

Valor nutricional de gengibre

Um pedaço de gengibre contém os seguintes nutrientes.

  • Carboidratos 77 g
  • Cálcio 00 mg
  • Colina 8 mg
  • Cobre 226 mg
  • Fibra 0 g
  • Folato 00 mcg
  • Ferro 60 mg
  • Magnésio 00 mg
  • Manganês 229 mg
  • Niacina 750 mg
  • Ácido pantotênico 203 mg
  • Fósforo 00 mg
  • Potássio 00 mg
  • Fitosteróis 00 mg
  • Proteína 82 g
  • Riboflavina 034 mg
  • Selênio 7 mcg
  • Sódio 00 g
  • Açúcar 70 g
  • Tiamina 025 mg
  • Zinco 34 mg
Consulte Mais informação  11 benefícios impressionantes do rabanete preto

13 benefícios de comer gengibre durante a gravidez

1. Previne a doença de manhã

Manhã doença e tonturas são comuns na maioria dos casos especificamente durante o primeiro trimestre. Você pode aliviar essa condição estressante consumindo gengibre. Este último funciona como um agente calmante, pois é abundante na qualidade. Além disso, o gengibre é também uma fonte natural e segura para prevenir problemas de estômago durante os primeiros meses de gravidez. Você pode incorporar chá de gengibre em sua dieta para combater a doença de manhã e náusea de forma eficaz.

2. Abastecimento adequado de sangue

O gengibre é necessário quando se trata de circulação sanguínea adequada. Você pode encontrar muitos medicamentos que podem executar a função. Nutricionistas recomendam optar por uma opção natural a este respeito. Além disso, o consumo adequado de gengibre também ajuda a fornecer a quantidade necessária de sangue ao feto para um desenvolvimento saudável.

3. Regula os níveis de colesterol

Especialistas sugerem manter níveis de colesterol equilibrados durante a gravidez para evitar mais problemas de saúde. Você deve considerar incorporar o gengibre em sua dieta, pois os nutrientes encontrados neles podem funcionar bem a esse respeito. Não só pode regular os níveis de colesterol, mas também aliviar os riscos de colesterol alto durante a gravidez.

4. Previne tosse e frio

As mães expectantes tornam-se vulneráveis ​​a problemas de saúde menores, como resfriado, tosse, febre ou náusea, devido ao funcionamento lento do sistema imunológico. Você pode combater os problemas consumindo chá de gengibre em sua dieta. Os nutrientes como folato , colina ou magnésio são necessários para aumentar a imunidade que ajuda na recuperação rápida também. Ginger, sendo uma potência dos nutrientes, pode fazer o trabalho para você de forma eficaz.

Consulte Mais informação  11 benefícios de saúde surpreendentes de casca de magnólia

5. Controla os níveis de açúcar no sangue

As mulheres grávidas são propensas a aumentar a glicose devido a desejos doces. Estudos mostraram que o gengibre tem potencial para regular a glicose na corrente sanguínea. Quando consumido regularmente, o gengibre ajuda a manter os níveis de açúcar que mantêm a mãe e o feto saudáveis. Ele também funcionará para equilibrar seus níveis de energia evitando que você seja vítima de cansaço, fadiga e tontura. No entanto, os nutricionistas também incentivam a não ingestão excessiva de alimentos processados ​​e açucarados para evitar quaisquer efeitos adversos.

6. Previne Queimadura Cardíaca

Azia é um problema de saúde comum para a maioria das mulheres durante a gravidez. Nutricionistas recomendam optar por uma solução natural. Você pode tratar azia constante consumindo uma xícara quente de chá feito com gengibre fresco e mel entre suas refeições. Ambos os ingredientes contêm qualidades curativas e calmantes que podem efetivamente evitar fatores que contribuem para a azia.

7. Alivia o inchaço

A maioria das mulheres grávidas encontra problemas de inchaço com freqüência. Ocorre quando a digestão lenta impede o seu feto de absorção de nutrientes. O problema é grave, pois nutrientes insuficientes podem contribuir para doenças congênitas no feto. No entanto, o gengibre pode ser uma fonte segura para aliviar os problemas de digestão e neutralizar o inchaço. Nutricionistas sugerem consumir gengibre com mel se você não estiver confortável com seu sabor.

8. Gengibre trata a inflamação

Inflamação e inchaço são fatores comuns que as gestantes têm que lidar durante toda a gravidez. Você pode efetivamente tratar esses problemas, incorporando uma quantidade moderada de gengibre. Você também pode consumir chá de gengibre a este respeito. No entanto, em caso de inchaço grave ou inflamação , sugere-se consultar o seu médico de cuidados primários para evitar mais problemas de saúde.

9. Excelente para os músculos cansados

Nutricionistas têm favorecido o gengibre, pois pode ajudar a aliviar ossos doloridos e músculos da mãe grávida. Ele restaura os níveis de energia que contribuem para a fadiga súbita. Além disso, uma xícara de chá de gengibre quente também pode aliviar os pés doloridos.

Consulte Mais informação  11 benefícios de saúde surpreendentes da raiz do Lotus

10. Para o sistema imunológico

O gengibre é uma usina de ferro e antioxidantes. Você precisa de muitos nutrientes para melhorar o funcionamento do sistema imunológico. Quando você incorpora níveis adequados de gengibre em sua dieta, os nutrientes funcionarão para fortalecer o sistema imunológico de um feto que também é necessário para afastar doenças congênitas.

11. Alivia a dor no corpo

Várias dores, como articulações, parte inferior das costas ou abdominais, tornam-se comuns em mulheres grávidas. Consumir gengibre de qualquer forma pode ser eficaz a este respeito, pois funciona em um nível hormonal. Você notará a baixa intensidade de dores em um curto período de tempo. Nutricionistas sugerem que o consumo regular de gengibre pode ajudar a aliviar os fatores que contribuem para a dor nas costas e no abdômen.

12. Suprimentos Nutrientes para o Feto

Os componentes encontrados no gengibre são necessários para consumir à medida que ajudam a transferir os nutrientes que você obtém dos alimentos para o feto. Também permitirá a absorção adequada dos nutrientes do seu corpo de forma eficaz.

13. Ajuda na Digestão

O gengibre é uma potência de compostos fenólicos que são essenciais para combater a irritação gastrointestinal. Os compostos também ajudam a estimular a produção de bílis e saliva durante a gravidez. Além disso, diz-se que o componente reduz as contrações gástricas à medida que a comida passa pelo trato gastrointestinal. O gengibre também contém enzimas que ajudam a aliviar a constipação, outro problema que as futuras mães enfrentam com frequência.

Linha de fundo

Especialistas sugerem consumir uma dieta cheia de nutrientes durante a gravidez, uma vez que ajuda a fortalecer o bem-estar geral e o feto. O gengibre também pode se tornar uma opção saudável, mas não ignore o fato de que tudo – até os alimentos naturais funcionam melhor com moderação.

  • Leave Comments