O que comer e o que não comer para o seu tipo corporal

Pessoas diferentes têm áreas problemáticas diferentes quando se trata de acúmulo de gordura. Algumas pessoas têm tendência a ganhar peso em torno da barriga, outras nos quadris e nas coxas.

Certos hormônios determinam onde seu corpo armazenará suas reservas de gordura e isso, por sua vez, determina seu tipo de corpo.

Cada tipo de corpo responde à sua maneira a diferentes alimentos e tem suas próprias demandas nutricionais. Certos alimentos que podem ser adequados a um tipo de corpo podem ser bastante prejudiciais à saúde de outros.

Portanto, seu tipo de corpo deve ser levado em consideração ao planejar uma dieta saudável para um controle de peso adequado.

Qual é o tipo de corpo?

O tipo de corpo é a composição física individual que determina como você metaboliza os alimentos, quais alimentos o ajudam a se sentir bem e mal e quais métodos de treinamento ou alimentação funcionam melhor para o seu tipo.

Características e necessidades nutricionais de diferentes tipos de corpo

Existem 3 tipos de corpos principais: formato de maçã, formato de pêra e formato de ampulheta.

uma. Corpo em forma de maçã

Em um corpo em forma de maçã, a maior parte da massa está na parte média acima da cintura.

Indivíduos com formato de maçã costumam ter grandes quantidades de gordura visceral. A gordura visceral acumula-se em torno dos órgãos nas camadas mais profundas da pele.

Indivíduos com formato de maçã também costumam lutar com o peso e podem ter mais dificuldade em mantê-lo longe.

Recomendações dietéticas para corpo em forma de maçã

Corpos em forma de maçã costumam ter problemas com carboidratos refinados.

Consulte Mais informação  Por que você não deve misturar álcool e doxiciclina?

O que são carboidratos refinados? Esses são carboidratos que foram decompostos e processados ​​para torná-los mais estáveis ​​no armazenamento. Alguns exemplos são pão branco, massa branca e doces.

O que comer:

É importante focar em alimentos com alto teor de gordura e proteínas, como os seguintes:

1. Salmão

O salmão é uma grande fonte de ácidos graxos ômega-3. Essas gorduras são antiinflamatórias e podem combater o efeito inflamatório da gordura visceral. (1)

2. Nozes

Essas nozes também são ricas em ácidos graxos ômega-3 e comprovadamente melhoram a saúde do coração, contra a qual corpos em forma de maçã têm dificuldade.

3. Couve-flor

Este vegetal crucífero é ótimo não apenas porque pode ser usado em muitos pratos, mas também porque é um vegetal de baixíssimo índice glicêmico, alto em volume e poucas calorias.

Baixo índice glicêmico simplesmente significa que a couve-flor não aumenta o açúcar no sangue como fazem outros alimentos ricos em carboidratos.

4. Mirtilos

Os mirtilos não são apenas ricos em antioxidantes, que também reduzem a inflamação, mas também apresentam baixo índice glicêmico. (2) (3)

Ao manter o açúcar no sangue estável ao longo do dia, você reduz os desejos e permite que seu corpo queime mais gordura.

5. Feijão

Incorporar feijão de alta qualidade em sua dieta também ajuda a controlar o açúcar no sangue, não apenas durante a refeição, mas por até 24 horas após a refeição!

O feijão é rico em proteínas e fornece uma grande variedade de vitaminas e minerais para mantê-lo nutrido. (4)

6. Abacate

Diferente do salmão e das nozes, o abacate é rico em ácido oleico, que é um ácido graxo ômega-9.

Os ácidos graxos ômega-9 também são antiinflamatórios e podem beneficiar a pele, os olhos e o sistema imunológico. É importante incluir uma grande variedade de gorduras em sua dieta todos os dias.

O que não comer:

Como os corpos em forma de maçã lutam com o controle da insulina, é importante limitar a ingestão de alimentos com alto índice glicêmico, como:

1. Macarrão

Como a massa foi despojada de suas fibras, ela dispara um grande aumento no açúcar no sangue, causando inflamação e potencial ganho de peso.

2. Suco

Mesmo o suco 100% com ingredientes saudáveis ​​pode não beneficiar corpos em forma de maçã. Mais uma vez, como o suco não contém mais as fibras das frutas e vegetais, o açúcar no sangue pode aumentar muito rapidamente.

3. Frutas

Não, você não deve evitar todas as frutas, mas apenas alguns tipos. Frutas como abacaxi, manga e banana são de alto índice glicêmico, o que significa que são mais ricos em açúcar em comparação com outras frutas, como frutas vermelhas.

4. Pizza

Por causa da mistura de carboidratos refinados e gordura saturada, a pizza é um desastre para corpos em forma de maçã. Esta combinação é terrível para o controle da insulina e redução de peso.

Consulte Mais informação  Diarreia clara: causas, sintomas e tratamentos

5. Cereais

Infelizmente, não existem muitas opções de cereais saudáveis ​​na loja. A maioria tem açúcar adicionado e ingredientes extras que não são benéficos para um corpo em forma de maçã.

6. Álcool

Beber demais pode causar inflamação e ânsias dos alimentos listados acima.

b. Corpo em forma de pêra

Um corpo em forma de pêra tem mais peso próximo aos quadris e coxas. Embora ter gordura nesta área não seja tão prejudicial quanto a barriga, ainda é importante controlá-la. Manter a gordura nessas áreas pode levar a altos níveis de estrogênio no corpo. (5)

Recomendações dietéticas para corpo em forma de pêra

Reduzir os alimentos que contêm estrogênio ou podem aumentar o estrogênio é crucial.

O que comer:

1. Brócolis

Este vegetal crucífero pode reduzir o estrogênio no corpo, diminuindo a insulina geral. (6)

2. Grãos integrais

Não apenas rico em vitaminas B, que fornecem energia, mas os grãos inteiros também se ligam a toxinas e hormônios em excesso, como o estrogênio, e os retiram do corpo.

3. Linhaça

Rica em ácidos graxos ômega-3, a linhaça também promove níveis saudáveis ​​de estrogênio. (7)

4. Cogumelos

Rico em fibras saudáveis, os cogumelos reduzem os picos de insulina, ajudando a controlar os níveis de estrogênio.

5. Maçãs

Rica em fibras e com baixo índice glicêmico, essa fruta manterá seus níveis de açúcar no sangue normais e evitará o excesso de estrogênio.

LEIA TAMBÉM: Maçãs: benefícios para a saúde, nutrição e outras coisas para saber

6. Iogurte desnatado

O excesso de gordura pode ser prejudicial aos níveis de estrogênio, além do que o iogurte tem probióticos benéficos.

O que não comer:

1. Soja

Um dos alimentos mais geneticamente modificados e ricos em pesticidas do mercado, a soja pode causar desregulação do estrogênio.

LEIA TAMBÉM: Soja: Nutrientes, benefícios para a saúde e sintomas de alergia

2. Carnes antibióticas

A maioria dos animais é criada com antibióticos para reduzir infecções e doenças. No entanto, estudos mostraram que esses antibióticos podem afetar o sistema imunológico e o sistema endócrino. (8)

3. Ovos antibióticos

Como a carne, os frangos produtores de ovos são frequentemente tratados com antibióticos, que passam para os ovos e depois para os consumidores.

4. Corantes

Se você vir uma cor como vermelho ou azul em uma lista de ingredientes, evite-a. Foi demonstrado que essas colorações afetam o sistema endócrino de uma forma muito negativa. (9)

5. Conservantes

Ao olhar para alimentos enlatados ou embalados, evite ingredientes que você simplesmente não reconhece .

Alguns conservantes imitam o estrogênio. Eles são chamados de xenoestrogênios. Um exemplo de um xenoestrogênio perseverativo é o galato de propila.

Consulte Mais informação  Aconselhamento de gravidez do COVID-19 por um ginecologista

6. Frutas secas

Já foi demonstrado que as frutas secas aumentam os níveis de estrogênio, o que para um corpo em forma de pêra não é ideal, já que o excesso de estrogênio é o problema. (10)

c. Corpo em forma de ampulheta

Um corpo em forma de ampulheta é aquele que pode tolerar quantidades muito maiores de carboidratos do que os outros tipos de corpo. Uma representação do corpo de uma ampulheta é uma cintura fina, quadris maiores e uma parte superior do corpo ligeiramente forte e larga.

Recomendações dietéticas para corpo em forma de ampulheta

Como os corpos em forma de ampulheta prosperam com maior teor de carboidratos em sua dieta, basear a dieta em frutas e vegetais inteiros é o caminho a percorrer.

O que comer:

1. Todas as frutas

As frutas fornecem carboidratos, vitaminas, minerais e antioxidantes saudáveis. Todas as frutas são aceitáveis ​​para corpos em forma de ampulheta, exceto frutas secas.

2. Batata doce

Com baixo índice glicêmico e uma fonte saudável de carboidratos, a batata-doce é uma opção versátil.

3. Squash

A abóbora é outro vegetal rico em vitaminas e minerais, com baixo teor de calorias e alto teor de água.

4. Queijo cottage

Com baixo teor de gordura e alto teor de proteínas, o queijo cottage é uma ótima fonte de proteína para corpos em forma de ampulheta.

5. Carne magra

O frango, que é uma carne magra, fornece uma ótima fonte de proteína, embora permaneça com baixo teor de gordura. (11)

6. Grãos integrais

Rico em carboidratos e também em fibras, esse alimento é uma ótima fonte de energia ao mesmo tempo que o mantém saciado.

O que não comer:

1. Cafeína

Encontrada em muitas bebidas e até mesmo no chocolate, a cafeína pode prejudicar o metabolismo, levando ao ganho de peso, fadiga e sonolência. (12)

2. Alimentos gordurosos

Alimentos gordurosos são desastrosos para o controle de peso e dificultam bastante a manutenção da gordura corporal.

3. Conservantes

Corpos em forma de ampulheta prosperam mais com uma dieta limpa, sem aditivos ou conservantes.

4. Carboidratos refinados

Embora os carboidratos integrais sejam importantes, os carboidratos refinados aumentam a insulina e podem resultar em ganho de peso.

5. Carne vermelha

Rica em gordura saturada, a carne vermelha deve ser limitada para manter baixo o consumo geral de gordura.

6. Creme

Quase 100% de gordura, o creme não é bem metabolizado por corpos em forma de ampulheta.

Palavra final

Comer de acordo com seu tipo de corpo pode ajudá-lo a perder peso mais rapidamente, fornecer-lhe mais energia e melhorar a absorção nutricional.

  • Leave Comments