7 óleos essenciais para refluxo ácido ou azia

Os óleos essenciais podem ser uma boa opção para o tratamento de azia. Quase todo mundo experimentará azia (refluxo ácido) em algum momento de suas vidas. É uma sensação de queimação no peito que pode ocorrer após uma refeição apimentada ou quando deitado. Estima-se que cerca de 40% dos americanos sofram de azia pelo menos uma vez por mês.

Azia é o resultado do refluxo ácido que viaja através do estômago para o esôfago. É frequentemente descrita como uma sensação de queimação abaixo do esterno, resultando em vários sintomas adicionais, como inchaço, dificuldade em engolir e indigestão.

Outros fatores indutores de azia incluem comer refeições grandes, consumo de álcool e gravidez.

Os óleos essenciais podem ajudar a aliviar os sintomas da azia. A seguir, é apresentada uma lista dos melhores óleos disponíveis e como eles são úteis.

Leia também: Sensação de queimação no estômago: causas, sintomas e remédios caseiros

Óleos essenciais para refluxo ácido e azia

Óleo de gengibre

O óleo de gengibre funciona melhor quando consumido antes das refeições. Graças às propriedades antibacterianas e anti-inflamatórias do gengibre, é excelente para bloquear a produção de ácido estomacal e suprimir as bactérias H.pylori, conhecidas por causar úlceras estomacais. Condições inflamatórias, como a artrite, se beneficiarão do óleo de gengibre. Este óleo essencial é consumido melhor como um chá.

Óleo de menta

Este óleo agradavelmente perfumado pode ajudar a indigestão e refluxo ácido. Ele também atua como um analgésico, e é por isso que é uma ótima opção para reduzir a dor associada à azia. O óleo essencial de hortelã-pimenta proporciona uma sensação refrescante e refrescante que a maioria das pessoas achará calmante para a garganta. É aconselhável diluir uma pequena quantidade em outra bebida.

Consulte Mais informação  11 benefícios de saúde comprovados do óleo de semente preta

Óleo de eucalipto

Como esse óleo é absorvido pelo organismo, o poderoso composto Eucalyptol funciona como um potente vasodilatador, aumentando o tamanho dos vasos sanguíneos. Isso permite que mais sangue flua e circule pelo corpo. Isso ajuda a aliviar a dor causada pelo refluxo ácido, graças às fortes propriedades analgésicas e anti-inflamatórias do eucalipto.

Leia também: Vasodilatadores naturais: como dilatar os vasos sanguíneos naturalmente e aumentar o fluxo sanguíneo

Óleo de limão

O óleo desta fruta cítrica tem muitas propriedades benéficas. Incentiva a produção de ácidos saudáveis ​​e enzimas digestivas.

Óleo de laranja

Esta fruta comum também pode ser encontrada na forma de óleo. Seu uso pode ajudar na prevenção de espasmos musculares, ajudando a reduzir o refluxo ácido. Além disso, o óleo de laranja pode ser usado como um sedativo que ajuda a acalmar a ansiedade. O óleo também contém poderosas propriedades anti-inflamatórias, ajudando a reduzir a dor causada pela inflamação. Recomenda-se combinar este óleo com outros líquidos consumíveis, diluindo sua potência antes da ingestão.

Óleo de manjerona

Este óleo essencial tem excelentes propriedades de aquecimento e calmante, ajudando a aliviar a dor associada ao refluxo ácido. Tem benefícios antiespasmódicos, permitindo prevenir espasmos musculares que podem ser responsáveis ​​pelo refluxo ácido. Ele também tem outras qualidades benéficas, como ajudar com pressão arterial, dor de artrite e indigestão.

Óleo de raiz de valeriana

Ajuda a relaxar os músculos, evitando espasmos e refluxo. Funciona em parte aumentando um neurotransmissor inibitório chamado GABA, que relaxa os músculos. O óleo de raiz de valeriana também é um sedativo suave, tornando-o um útil auxílio para dormir.

Riscos do uso de óleos essenciais para azia

É importante ter em mente que os óleos essenciais não podem substituir os planos de tratamento recomendados estabelecidos pelo seu médico. Não foram realizados estudos científicos para apoiar o uso de óleos essenciais no tratamento da azia. Associações entre óleos essenciais e alívio de azia foram sugeridas e não são baseadas em evidências concretas.

Consulte Mais informação  Óleo de almíscar egípcio: benefícios para a saúde, usos, como se preparar

Se você decidir usar os óleos essenciais, ingerindo-os, é aconselhável ter muito cuidado – raramente é recomendável tomar óleos essenciais por via oral devido à sua potência. Se você consumir óleos essenciais por via oral, pare imediatamente se começar a sentir náuseas ou ficar com dor de estômago. Recomenda-se falar com seu médico antes de tratar qualquer condição com óleos essenciais.

  • Leave Comments