5 remédios caseiros para varizes: o que você pode fazer agora

As varizes são um problema bastante comum. De acordo com a Biblioteca Nacional de Medicina dos EUA , estima-se que cerca de 20% de todos os adultos tenham varizes em algum momento de suas vidas. 1 )

Nessa condição, veias anormalmente aumentadas aparecem próximas à superfície da pele.

Isso geralmente ocorre nas panturrilhas e nas coxas quando as veias desenvolvem paredes enfraquecidas ou válvulas com mau funcionamento, que regulam o fluxo sanguíneo.

Embora esse problema seja mais comum em idosos, os jovens também podem desenvolver varizes. Insuficiência venosa crônica e varizes leves são mais comuns em homens que em mulheres. 2 )

Conteúdo

 

Causas

As varizes ocorrem quando as veias não estão funcionando adequadamente e podem ser causadas por várias razões, como:

  • Gravidez
  • Menopausa
  • Idade (acima de 50 anos)
  • Obesidade
  • Uma história familiar da doença
  • Permanente por períodos prolongados

Também afeta comumente homens de meia idade que precisam trabalhar em pé por horas prolongadas. 3 )

Outros fatores comuns que contribuem para as varizes são:

  • Uso de pílulas anticoncepcionais
  • Prisão de ventre
  • Alterações hormonais no corpo
  • Um estilo de vida sedentário

Mesmo uma lesão anterior na perna pode danificar as válvulas na veia, o que pode resultar em varicosidade.

Sintomas

Os sintomas mais comuns das varizes são veias deformadas e altamente visíveis, geralmente nas pernas. O aparecimento de veias salientes em azul escuro ou roxo como resultado dessa condição é uma preocupação para muitas pessoas.

O paciente também pode ter sintomas como:

  • Dor
  • Inchaço
  • Peso
  • Achiness
  • Descoloração da pele
  • Fadiga
  • Inquietação
  • Sensação de queimação, latejante ou formigamento

Prevenção

Aqui estão algumas dicas que podem ajudá-lo a prevenir e gerenciar varizes:

  • Exercite-se regularmente.
  • Mantenha um peso corporal saudável.
  • Evite roupas excessivamente apertadas.
  • Evite ficar em pé ou sentado por longos períodos.
  • Tente não usar sapatos de salto alto por longos períodos.

Quando consultar um médico

Na maioria dos casos, medidas de autocuidado são suficientes para gerenciar essa condição. No entanto, é recomendável que você procure atendimento médico se:

  • A pele sobre as veias afetadas fica escamosa, propensa a sangrar, descolorida ou ulcerada.
  • As varizes são quentes, vermelhas e macias.
  • A veia varicosa se machuca.
  • Há sangramento excessivo.
  • O sangramento não para.
  • Os sintomas pioram.
  • Medidas de autocuidado não funcionam.

As opções médicas e cirúrgicas para o tratamento de varizes podem ser bastante caras. Em um estudo de 2007 publicado nos Anais do Royal College of Surgeons da Inglaterra , os pesquisadores apontaram que os pacientes deveriam considerar o custo e as despesas da cirurgia convencional antes de optar por ela. 4 )

Consulte Mais informação  Remédios caseiros para clareamento da pele

Os pacientes podem experimentar alguns remédios caseiros para diminuir a gravidade das varizes e reduzir alguns dos desconfortos que podem causar.

Aqui estão os melhores remédios caseiros para varizes.

1. Meias de compressão

Pode ser uma boa ideia investir em meias de compressão se você sofre de varizes.

Usar meias de compressão ajudará as veias e os músculos das pernas a moverem o sangue com mais eficiência. Isso, por sua vez, reduzirá os sintomas das varizes. Um estudo de 2018 publicado no European Journal of Vascular and Endovascular Surgery descobriu que, entre os pacientes com varizes, as meias de compressão elástica graduadas parecem ser eficazes para melhorar os sintomas, particularmente dor ou dor, em comparação com as meias com placebo. Os pacientes usaram meias de compressão até o joelho com pressão de 18 a 21 mmHg por uma semana. 5 )

Um estudo de 2004 publicado na Cirurgia Dermatológica constatou que as meias de compressão no comprimento da panturrilha, com uma faixa de pressão entre 11 e 21 mmHg, são capazes de reduzir ou prevenir totalmente o inchaço nas pernas devido a longos períodos de sentado ou em pé. 6 )

O nível de compressão necessário varia para diferentes pacientes. No entanto, a maioria dos tipos de meias de compressão pode ser facilmente encontrada em qualquer farmácia.

2. Vinagre de maçã

O vinagre de maçã é um remédio maravilhoso para o tratamento de varizes. É um ingrediente natural de “limpeza do corpo” que também melhora o fluxo e a circulação sanguínea. Quando o sangue começa a fluir naturalmente, o peso e o inchaço das varizes diminuem significativamente.

Um estudo de 2016 publicado na Medicina Complementar e Alternativa Baseada em Evidências constatou que a aplicação externa de vinagre de maçã em pacientes com varizes, que é uma aplicação muito fácil, aumentou os efeitos positivos do tratamento conservador.

Neste estudo, os pacientes que sofriam de varizes foram solicitados a aplicar vinagre de maçã na área afetada e mantê-la coberta com um pano por cerca de meia hora, duas vezes por dia durante 1 mês, juntamente com o tratamento médico. Após a conclusão do teste, os dados estatísticos mostraram que os pacientes que seguiram esse remédio experimentaram uma diminuição na dor, fadiga, edema, prurido, pigmentação e cãibras, em comparação com aqueles que não foram convidados a aplicar o vinagre. 7 )

  • Aplique vinagre de maçã (não diluído) sobre a pele sobre as varizes. Massageie a área suavemente. Faça isso todos os dias de manhã e antes de ir para a cama. Siga este remédio por alguns meses para reduzir o tamanho das varizes.
  • Como alternativa, você pode adicionar 2 colheres de chá de vinagre de maçã a 1 copo de água e mexer bem. Beba a mistura duas vezes por dia durante pelo menos um mês para reduzir as varizes.
Consulte Mais informação  Remédios caseiros para espinhas

3. Exercício

Segundo o Instituto Nacional do Coração, Sangue e Pulmão , ficar sentado ou em pé por longos períodos sem se movimentar muito está associado a um risco aumentado de varizes e outras formas de acumulação de sangue. 8 )

Para reduzir o risco e ajudar a tratar varizes, é essencial manter-se fisicamente ativo. O exercício também ajuda a equilibrar os hormônios naturalmente, a perder peso ou a manter um peso corporal saudável. Todos estes podem ajudar na prevenção e tratamento de varizes.

O exercício aumenta a força muscular, estimula o fluxo sanguíneo e melhora a circulação. Isso alivia a dor e outras complicações e, assim, promove veias saudáveis.

Exercícios leves ajudam a obter os músculos da panturrilha trabalhando sem tensão excessiva. Alguns dos exercícios de baixo impacto mais eficazes incluem natação, caminhada, ciclismo e ioga.

Em um estudo de 2010 publicado no World Journal of Sport Sciences, os pesquisadores recomendam seguir uma atividade esportiva sistemática (como caminhar) para ativar a circulação sanguínea, a fim de evitar a vulnerabilidade das mulheres grávidas às varizes. ( 9 )

Um estudo de 2016 relata que os exercícios aquáticos foram capazes de melhorar aspectos da qualidade de vida e reduzir a dor, demonstrando que eles beneficiam pacientes com doença venosa crônica. ( 10 )

4. Evite sentar e ficar prolongado

Um estudo publicado na Medicina do Trabalho e Ambiental em 2005 relata que a permanência prolongada no trabalho contribui para um risco aumentado de tratamento hospitalar devido a varizes. 11 )

Uma das melhores maneiras de prevenir varizes é não ficar em pé ou sentar-se por longos períodos e evitar sentar-se com as pernas cruzadas, pois exerce uma pressão terrível sobre as veias. Além disso, quando você estiver descansando, tente manter as pernas elevadas. Isso se aplica especialmente a mulheres grávidas.

Recomenda-se elevar os pés acima do nível do coração três ou quatro vezes por dia, durante cerca de 15 minutos por vez. Elevar as pernas pode ajudar a reduzir o inchaço das pernas e aliviar outros sintomas. 12 )

Consulte Mais informação  44 remédios caseiros simples e eficazes para se livrar da fervura

Se você precisar ficar sentado ou em pé por um longo período de tempo e a elevação não for possível, tente flexionar (dobrar) as pernas ocasionalmente para ajudar a manter o sangue circulando. Se você estiver sentado por um longo período de tempo, levante-se e caminhe a cada hora.

5. Sementes de Castanha da Índia

As sementes de castanha da Índia são um remédio antigo para o tratamento de varizes. As sementes de castanha da Índia são embaladas com propriedades anti-inflamatórias e anti-inchaço que podem efetivamente aumentar o “tom venoso” e, por sua vez, reduzir a aparência de varizes.

O extrato de semente de castanha da Índia consiste em um composto chamado aescina que ajuda a melhorar a resistência elástica das veias e a impedir a liberação de enzimas que danificam as paredes capilares.

Um estudo publicado no Advances in Therapy em 2006 relata que a preparação de extrato de semente de castanha da Índia Aesculaforce oferece uma alternativa real no tratamento de pacientes com insuficiência venosa leve a moderada. 13 )

Uma revisão de 2012 de estudos clínicos publicados no Global Advances in Health and Medicine descobriu que o extrato de castanha da Índia é um tratamento eficaz a curto prazo para sintomas de varizes. O estudo revela que a aescina parece promover a circulação sanguínea pelas veias e, assim, reduz o inchaço e a inflamação das pernas. 14 )

Outro estudo de 2015 confirma a eficácia do uso de extrato de semente de castanha da Índia ou aescina como tratamento para a insuficiência venosa crônica. 15 )

  • O gel de sementes de castanheiro está prontamente disponível e pode ser adquirido facilmente. Use o gel externamente na área afetada duas vezes ao dia. Quando usado regularmente, pode reduzir consideravelmente a dor e o inchaço nas pernas.
  • Você também pode tomar suplementos de castanha da Índia. A dosagem mais comum é 300 mg duas vezes ao dia, padronizada para conter 50 mg de hospitalização por dose, para uma dose diária total de 100 mg de escina.
Nota: Não tome castanha de cavalo crua, pois ela contém grandes quantidades de um composto tóxico conhecido como esculina. Mulheres grávidas ou amamentando não devem usar este remédio.
  • Leave Comments