O que causa o abcesso dentário e como ele é tratado?

Um abscesso dentário é uma coleção ou bolsa de pus verde-amarelado formado ao redor de um dente ou dentes infectados como resultado de uma infecção bacteriana. É principalmente associada a inchaço, dor e inflamação.

Quando não tratado adequadamente, um abscesso pode levar a uma infecção grave nos dentes, no osso maxilar e no tecido circundante. (1)

Tipos de abscesso dentário

Os abscessos dentários são categorizados nos três tipos a seguir, com base em sua localização:

1. Abscesso gengival

Também conhecido como abscesso gengival, ele se forma na superfície, no revestimento do tecido gengival ou gengiva.

2. Abscesso periodontal

Ela se desenvolve nas camadas mais profundas do tecido gengival.

3. Abscesso periapical

É encontrado ao redor e além do ápice da raiz do dente infectado e resulta de cáries dentárias severas. Um abscesso periapical comum é o abscesso do dente do siso.

Um abscesso periapical pode ser dividido em dois tipos:

  • Aguda: forma-se devido à morte rápida do tecido pulpar.
  • Crônico: se forma como resultado de um início gradual de necrose pulpar.

Causas de um abscesso dentário

Um abscesso dentário normalmente é resultado de infecções bacterianas. Múltiplas condições podem aumentar o risco de entrada de bactérias no dente, incluindo: (2)

  • Infecção do retalho gengival chamado opérculo, que cobre um dente do siso parcialmente erupcionado (a condição é chamada de abcesso pericoronal)
  • Periodontite avançada
  • Tratamento de canal radicular impróprio
  • Cárie dentária, que causa necrose pulpar
  • Doença gengival ou gengivite
  • Esmalte rachado

Os seguintes fatores podem predispor você ao abcesso dentário:

Sintomas de um abcesso dentário

O principal sinal de um abscesso dentário é a dor latejante, que pode variar de uma leve  dor  de dente a uma dor intensa que se estende às orelhas e pescoço. Ocasionalmente, a dor pode diminuir à medida que a infecção prevalece devido à perda de sensibilidade.

Alguns outros sintomas comuns associados ao abscesso dentário incluem:

  • Gosto amargo na boca
  • Febre
  • Odor da respiração
  • Cavidade dentária
  • Inquietação ou desconforto
  • Sentido de gosto alterado
  • Dor ao mastigar
  • Sensibilidade a alimentos ou bebidas quentes e frias
  • Inchaço ou vermelhidão no rosto
  • Dificuldade em abrir a boca
  • Dores, gengivas vermelhas
  • Dificuldade em engolir comida
  • Glândulas do pescoço inchadas
  • Mandíbula superior ou inferior inchada

Tratamento médico padrão para abscesso dentário

O tratamento para um abscesso dentário visa controlar a infecção e controlar a dor. As opções de tratamento incluem:

1. Analgésicos

Você pode tomar ibuprofeno ou paracetamol para ajudar a controlar a dor até que o tratamento adequado seja recebido.

É vital visitar o dentista o mais cedo possível e não tomar analgésicos por muito tempo.

2. Antibióticos

Os antibióticos são prescritos se a infecção se espalhou para os dentes e tecidos gengivais próximos para evitar uma propagação ainda maior. Você também pode precisar de antibióticos se tiver um sistema imunológico fraco.

3. Drenagem do abscesso

O dentista faz um pequeno corte no abscesso para drenar o pus. Em alguns casos, um pequeno dreno de borracha pode ser colocado no corte para permitir a drenagem gradual do pus enquanto o inchaço diminui.

4. Canal radicular

O dente afetado é perfurado para remover o tecido doente ou polpa central e o abscesso é drenado. Em seguida, o dente é obturado e coberto com uma coroa para maior resistência.

Este tratamento pode durar toda a vida se o dente for bem cuidado.

5. Extração de dente

Nos casos em que um tratamento de canal não é possível, o dentista pode precisar remover o dente completamente para evitar a propagação da infecção.

Diagnosticando um dente com abscesso

Para diagnosticar um abscesso dentário, o dentista examinará cuidadosamente seus dentes, gengivas e boca. Eles também podem dar tapinhas no dente para testar se a dor é sentida ao fazê-lo.

Um teste de frio ou outros testes de vitalidade podem ser realizados para avaliar a vitalidade do dente. O dentista pode ainda sugerir raios-X e outros testes para determinar a fonte de infecção.

Consulte Mais informação  Acne nodular: tratamentos, prevenção, remédios naturais e muito mais

Complicações associadas a um abscesso dentário

Se não for tratado adequadamente, um abscesso dentário pode se espalhar pela boca e levar a complicações, como:

  • Cistos dentários: uma cavidade cheia de líquido se desenvolve na raiz.
  • Angina de Ludwig: o assoalho da boca incha e pode obstruir as vias aéreas em casos graves.
  • Osteomielite: a bactéria do abscesso pode se espalhar para a corrente sanguínea e, eventualmente, infectar o osso.
  • Sepse: a infecção bacteriana pode se espalhar para outras partes do corpo, como mandíbula, pescoço e cabeça e, eventualmente, para todo o corpo. Essa infecção grave, ou sepse, pode ser fatal.
  • Endocardite:  se a bactéria atingir a corrente sanguínea, pode infectar o revestimento interno do coração (endocárdio).

Quando ver um médico

Recomenda-se visitar um dentista aos primeiros sinais de um abcesso dentário.

O que você pode perguntar ao seu médico
  • Qual pode ser a razão por trás dos meus sintomas?
  • Quais testes eu preciso fazer?
  • Quais são os diferentes tratamentos disponíveis?
  • Preciso tomar medidas preventivas?
O que seu médico pode perguntar a você
  • Que sintomas você está experimentando?
  • Você fez algum tratamento odontológico ou traumatismo dentário recentemente?
  • Seus sintomas são intermitentes ou contínuos?
  • Alguma coisa agrava a dor?

Respostas de especialistas (Q&A)

Respondido pela Dra. Anirudha Agnihotry, DDS (Dentista)

O abscesso dentário é uma condição fatal?

Sim, um abscesso dentário pode ser fatal se não for cuidado. A secreção purulenta infectada, ou pus, encontrará o caminho menos resistente e alcançará os músculos e tecidos moles.

Eventualmente, a bactéria pode entrar no sangue, causando infecção do sangue e possivelmente morte devido a complicações.

É aconselhável estourar um abscesso dentário?

É aconselhável estalar um abscesso dentário por um profissional de saúde em condições sépticas adequadas se o inchaço for muito grande e o dente não puder ser tratado imediatamente. Às vezes, a pressão crescente do pus faz com que o abscesso se rompa sozinho.

Quanto tempo geralmente leva para um abscesso dentário cicatrizar completamente?

Um abscesso dentário nunca cura por si mesmo. O dente agressor deve ser tratado e a infecção removida. Uma terapia de canal radicular ou extração dentária deve ser realizada conforme indicado.

Consulte Mais informação  Óleo de Rosa Mosqueta para Acne: Funciona, como usá-lo, benefícios e muito mais

Após a intervenção para remover a infecção, o corpo se cura na capacidade natural. O tempo de cura pode variar de um dia a uma semana.

O enxágue com água salgada é eficaz no tratamento do abcesso dentário?

Não, a água salgada não ajudará no tratamento do abcesso dentário. Isso apenas ajudará a aliviar o desconforto da inflamação causada pela infecção. Certamente ajuda, mas não elimina a infecção.

Quais são os sinais de disseminação de uma infecção dentária?

Um abscesso começa com uma dor de dente. A dor piora e você pode ter uma pequena saliência, que pode ficar maior e causar mais dor se não for tratada.

Às vezes, o inchaço aumenta rapidamente e às vezes progride lentamente. Depois de um tempo, o inchaço pode estourar por si só, e você começa a sentir um gosto e um odor desagradável na boca.

É aconselhável ir regularmente ao dentista e manter uma boa higiene oral para detectar quaisquer cáries antes que cresçam e se transformem em abscesso.

Palavra final

Um abscesso se refere a uma bolsa cheia de pus que se forma perto da raiz de um dente infectado. Essa condição pode ocorrer em indivíduos de todas as idades.

Manter a higiene bucal e cuidar bem dos dentes desempenha um papel importante na prevenção e alívio de um abcesso dentário.

  • Leave Comments