Maneiras simples de combater seu medo de nadar

Ao observar o nadador olímpico Adam Peaty na piscina, é difícil imaginar que ele tinha medo de água quando criança. Peaty é um dos milhões de pessoas em todo o mundo que sofrem de algo conhecido como aquafobia.

Embora a estrela da natação tenha conseguido superar seus medos, o medo de nadar e de água, em geral, continua a atormentar inúmeras pessoas.

Na verdade, até dois terços das pessoas têm medo de grandes cursos de água abertos, enquanto mais de 45% não se aventuram no fundo da piscina. Embora o medo da água possa ser desgastante, há, felizmente, uma série de coisas que você pode faça para vencer o seu medo, um passo de cada vez.

Capacite-se com aulas de natação

Aulas de natação são uma ótima maneira de ajudá-lo a lidar com o medo da água. Um experiente instrutor de natação o ajudará a superar seus medos, efetivamente aumentando sua confiança e fornecendo a você as ferramentas necessárias para atingir seus objetivos. Aulas de natação também podem salvar vidas, já que mesmo habilidades rudimentares de natação podem reduzir consideravelmente o risco de afogamento não intencional. Mesmo se você não sonha em se tornar um nadador profissional, saber como se manter seguro na água pode ser o primeiro passo para superar sua aquafobia.

Pratique respiração profunda

Existem várias técnicas de relaxamento que podem tornar mais fácil para você superar seus medos. Como a hiperventilação é uma das reações de medo mais prevalentes, praticar a respiração profunda pode ser fundamental para superar o medo da água. Descobriu-se que a respiração profunda é muito eficaz para aliviar a ansiedade e o estresse, fazendo seu corpo e mente acreditar que estão mais relaxados do que realmente estão. Quando você se sente mais relaxado, seus medos perdem o controle sobre você e se tornam mais fáceis de superar.

Consulte Mais informação  O que é dorsalgia? Tipos, causas, sintomas e tratamento

Comemore suas pequenas vitórias

Enfrentar o medo da água é muito importante. Como pode ser um processo um tanto longo e emocional, é essencial que você seja paciente consigo mesmo.

Lembre-se de que Roma não foi construída em um dia, e pode levar uma quantidade considerável de tempo e esforço para vencer totalmente o seu medo. Comemore cada pequeno progresso que você fizer para superar seu medo, pois isso o aproxima um passo de uma vida mais plena.

Seu medo da água não o define como pessoa. Ao tomar as medidas necessárias para superar o medo, você logo poderá se surpreender brincando na água como se tivesse feito isso a vida inteira.

  • Leave Comments