Óleo da árvore do chá para herpes labial: como funciona, como usá-lo, riscos e alternativas

  • O óleo da árvore do chá é um óleo essencial com uma ampla variedade de usos medicinais, incluindo o tratamento de herpes.
  • Este óleo essencial contém propriedades antivirais, anti-sépticas e antiinflamatórias que reduzem a gravidade e a duração do herpes labial.
  • O óleo da árvore do chá é uma substância natural sem efeitos colaterais graves.
  • Este óleo demonstrou ser um tratamento comparável aos medicamentos antivirais convencionais prescritos para tratar herpes labial.

O que são herpes labial? 

Muitas pessoas acham que o uso do óleo da árvore do chá (TTO) para herpes labial é um tratamento genuinamente eficaz que reduz a duração e a intensidade dessas inflamações desagradáveis ​​e, às vezes, dolorosas. O herpes labial é comum a muitos americanos e ainda não há cura eficaz ou vacina disponível.

O herpes labial, também conhecido como bolhas de febre, são pequenas lesões que geralmente aparecem nos lábios, bochechas, queixo e embaixo do nariz ou dentro das narinas. Eles causam uma sensação de coceira e / ou queimação antes de explodir e, eventualmente, formar uma crosta. Quando não tratados, geralmente desaparecem em 7 a 10 dias.

As bolhas de febre são mais comumente causadas pelo vírus herpes simplex tipo 1 (HSV-1) e é uma doença compartilhada entre cerca de 50–80% dos americanos. Algumas pessoas podem ser portadoras do vírus por toda a vida, mas nunca desenvolvem uma afta real.

O HSV-1 é altamente contagioso e pode ser transmitido por contato direto com um indivíduo afetado ou por secreções orais ou feridas na pele. Também pode ser transmitido por meio de beijos ou compartilhamento de utensílios domésticos, como escovas de dente ou talheres.

Embora não haja cura ou maneira confiável de prevenir a formação de herpes labial, existem medidas que podem ser tomadas para reduzir sua intensidade, frequência e duração. Uma abordagem para reduzir a gravidade dos sintomas da afta e acelerar sua cura é realizar o TTO nas bolhas.

Por que usar o óleo da árvore do chá no herpes labial? 

O TTO contém propriedades antivirais, anti-sépticas e antiinflamatórias, todos ingredientes valiosos para tratar a inflamação causada pelo vírus HSV-1. Estudos conduzidos em TTO para doenças de pele demonstraram que ele tem um efeito antiviral potente nas lesões de afta.

Existem muitos produtos de prescrição e de venda livre (OTC) tópicos e orais que afirmam tratar o desconforto e a inflamação associados ao herpes labial, embora sua eficácia seja normalmente limitada e muitas vezes determinada por quão logo eles são consumidos ou aplicados após uma ferida primeiro flares para cima.

Para esse fim, estudos recentes sobre os benefícios dos óleos essenciais para a saúde indicam que os compostos orgânicos encontrados no TTO podem tratar o herpes labial tão eficazmente, ou talvez mais, do que seus equivalentes farmacológicos. 

Isso pode ser parcialmente devido ao fato de algumas cepas do vírus terem desenvolvido uma resistência aos medicamentos usados ​​por muito tempo para tratá-lo, enquanto um óleo essencial de origem natural, como a árvore do chá, permanece um antídoto eficaz contra essas cepas.

Consulte Mais informação  Como se livrar das olheiras naturalmente: dicas e tratamentos

Muitos portadores de herpes labial preferem usar uma substância natural como o TTO em vez de outros tratamentos, pois apresenta um risco muito menor de produzir qualquer um dos efeitos colaterais que podem potencialmente acompanhar os medicamentos antivirais farmacêuticos, como Zovirax, Valtrex ou Famvir.

O óleo da árvore do chá pode tratar herpes? 

O TTO contém uma série de qualidades medicinais que o tornam um tratamento adequado para inflamações causadas por um vírus como o HSV-1, que está na raiz de toda afta.

Como funciona?

As propriedades anti-sépticas, antivirais e antibacterianas do TTO permitem uma redução eficaz dos sintomas da afta . A pesquisa mostra que o TTO exibe atividade antimicrobiana de amplo espectro in vitro, particularmente no que se refere ao vírus herpes simplex responsável pelo herpes labial.

Embora os estudos científicos relativos aos benefícios medicinais desses óleos permaneçam limitados, as propriedades anti-sépticas do óleo são conhecidas por estimular o processo de cura natural, secando feridas e prevenindo infecções bacterianas, o que reduz a gravidade e a duração da inflamação.

Funciona em qualquer tipo de afta?

sim. Existem dois tipos de vírus herpes simplex que levam ao herpes labial: HSV-1 e HSV-2, com a maioria dos surtos originando-se do primeiro. O TTO é igualmente eficaz para ambos.

Com que rapidez verei os resultados?  

O efeito calmante da aplicação de TTO em uma afta será sentido imediatamente após a aplicação. Na maioria das circunstâncias, dependendo principalmente de quão cedo ele foi aplicado, os efeitos curativos desse óleo essencial podem ser notados em menos de 24 horas. 

O TTO deve ser aplicado no momento em que você notar a formação de uma afta – quanto antes, melhor. Se você tratá-la precocemente, às vezes é possível evitar que a ferida se desenvolva totalmente e ela pode diminuir em alguns dias.

A capacidade do TTO – ou de qualquer medicamento tópico – de curar uma afta é altamente dependente de quão desenvolvida a ferida está no início do tratamento. Conseqüentemente, os resultados tendem a ser um tanto inconsistentes; no entanto, independentemente de quando o óleo é aplicado pela primeira vez em uma bolha, a maioria dos pacientes experimentará uma redução dos sintomas. Tanto a gravidade quanto a duração da inflamação serão reduzidas em vários graus. 

Como usar o óleo da árvore do chá para herpes labial

O TTO é uma substância poderosa e é importante primeiro diluí-lo com um óleo carreador (como óleo de coco ou de jojoba) para evitar queimaduras ou irritar ainda mais a inflamação. Combine duas gotas de TTO 100% puro com 12 gotas de um óleo carreador.

Consulte Mais informação  Peeling de queimadura de sol: prevenção e como pará-lo assim que começa

Usar este óleo essencial para tratar bolhas de febre é um processo muito simples. Basta adicionar algumas gotas de óleo essencial diluído a um cotonete e aplicá-lo diretamente na ferida.

O TTO deve ser aplicado todas as manhãs e depois ao longo do dia conforme necessário, de preferência sempre que a ferida ficar crua e desconfortável ou causar sensação de queimação. Este óleo ajudará a aliviar qualquer desconforto potencial.

Riscos e efeitos colaterais

Um dos elementos atraentes sobre o uso de TTO para herpes labial é que não há riscos significativos ou efeitos colaterais envolvidos. No entanto, é tóxico quando ingerido e deve-se ter cuidado para nunca atingir os olhos. 

Aplicado topicamente

Para a maioria das pessoas, mesmo aquelas com pele sensível , o TTO diluído aplicado diretamente na afta não deve resultar em efeitos colaterais negativos. No entanto, pode ocasionalmente causar irritação e inchaço na pele e, para algumas pessoas que sofrem de acne, ressecamento da pele, coceira, ardor, ardência e vermelhidão. Para reduzir o risco de irritação, primeiro conduza um teste de contato para descartar quaisquer reações alérgicas ou negativas em potencial.

Embora os casos sejam muito raros, quando o TTO é combinado com óleo de lavanda, ele pode interromper a produção normal de hormônios em homens pré-púberes, possivelmente levando à ginecomastia. Exceto este evento improvável, este óleo é entendido como não tendo interações negativas com outros medicamentos, óleos ou suplementos.

Ingestão

O TTO não é seguro para consumo em qualquer quantidade. É tóxico quando ingerido e pode causar confusão, erupções cutâneas, instabilidade, incapacidade de andar e, na pior das hipóteses, levar ao coma.

Use durante a gravidez 

O TTO é considerado possivelmente seguro para aplicação tópica durante a gravidez ou amamentação, mas alguns podem optar por não fazê-lo, a fim de evitar quaisquer efeitos colaterais adversos em potencial. 

Óleo da árvore do chá vs. outros óleos essenciais para herpes labial

Existem vários óleos essenciais contendo vários graus de propriedades antivirais e antimicrobianas iguais ou semelhantes às TTO.

Óleo de menta 

O óleo de hortelã-pimenta é outro óleo essencial que contém compostos que podem matar vírus ativos. Estudos demonstraram a capacidade do óleo de inibir a atividade de HSV-1 e HSV-2, concluindo que pode ser eficaz no tratamento de infecções por herpes.

Tal como acontece com o TTO, o óleo de hortelã-pimenta deve primeiro ser diluído com um óleo carreador antes da aplicação – aproximadamente 12 gotas de óleo carreador para cada duas gotas de óleo de menta. Em seguida, pode ser aplicado na área afetada com um cotonete várias vezes ao dia ou conforme necessário.

Óleo de lavanda 

O óleo de lavanda tem uma longa história como um tratamento alternativo para uma ampla variedade de doenças, incluindo irritações na pele, como herpes labial. Embora o óleo de lavanda não tenha os compostos antivirais importantes encontrados na árvore do chá e em outros óleos essenciais, ele contém propriedades antiinflamatórias substanciais e demonstrou diminuir a dor e o desconforto associados aos surtos de herpes labial.

Consulte Mais informação  Hiperpigmentação pós-inflamatória: é permanente, como se livrar dela, como evitá-la

O óleo de lavanda geralmente não irrita a pele, por isso pode ser aplicado diluído ou não, aplicando uma ou duas gotas diretamente na ferida. Dito isso, se estiver usando pela primeira vez, conduza um teste de remendo primeiro para determinar se há alguma reação negativa. 

Óleo de cravo

Estudos confirmaram que o óleo de cravo contém propriedades antimicrobianas, antivirais e analgésicas que podem tratar o HSV-1 e outros vírus. Consequentemente, o óleo de cravo também deve diminuir o desconforto associado ao herpes labial.

O óleo de cravo é irritante quando aplicado diretamente na pele e deve primeiro ser diluído com um óleo veicular, como óleo de coco, amêndoa ou jojoba, como com hortelã-pimenta e TTO.

Alternativas ao óleo da árvore do chá para herpes labial

O TTO não é o único tratamento disponível para herpes labial e também existem outras opções de OTC e prescrições disponíveis. 

Cremes antivirais

Existem inúmeros cremes antivirais no mercado que funcionam de forma semelhante ao TTO. Assim como os óleos essenciais, sua eficácia é amplamente determinada pela rapidez com que são aplicados em um surto, mas na maioria das circunstâncias eles podem reduzir a duração e a gravidade de uma afta. 

Dois cremes de prescrição comumente usados ​​para essa finalidade incluem o aciclovir tópico (Zovirax) e o penciclovir (Denavir).

Medicamentos prescritos

Para serem totalmente eficazes, os medicamentos prescritos devem ser tomados ao primeiro sinal de afta. Quando feito isso, os medicamentos antivirais orais, como o aciclovir (Zovirax), o famciclovir (Famvir) e o valaciclovir (Valtrex), podem acelerar o tempo de cicatrização do herpes labial com relativa rapidez.

Famvir é administrado em uma dose única, enquanto Valtrex é administrado pela primeira vez quando a afta aparece e novamente 12 horas depois. O Zovirax é tomado cinco vezes ao dia até a resolução do núcleo frio.

Remover 

Embora haja uma clara falta de estudos legítimos sobre a capacidade do TTO de tratar herpes labial, até o momento a pesquisa realizada sobre o assunto concluiu que é um tratamento válido para reduzir a gravidade e a duração dessas inflamações desagradáveis ​​e desagradáveis.  

As propriedades antivirais, anti-sépticas e antimicrobianas do TTO mostraram reduzir a gravidade e a duração das inflamações com a mesma eficácia dos medicamentos antivirais normalmente prescritos para esses fins.

Além disso, o TTO é um produto de origem natural que não tem efeitos colaterais significativos. Como tal, é uma solução que vale a pena investigar se você estiver sofrendo de herpes labial e procurando alívio.

  • Leave Comments